Modelo de negócio já adotado por diversas empresas por meio de Centro de Serviços Compartilhados (CSC) também proporciona outros benefícios

Mais de três mil empresas de diversos portes e ramos de atividades em todo o mundo já adotaram o modelo de negócio de Shared Services. No Brasil, a estimativa é que mais de quatrocentas organizações já trabalhem com esse conceito, conforme mensuração de Carlos Alberto Pereira Magalhães, autor do livro ‘Centro de Serviços Compartilhados – Estratégia para Maximizar o Valor de sua Organização – 2ª. edição’ e sócio-diretor das empresas CAP Magalhães Assessoria Empresarial e Xcellence & CO. “Já implantamos mais de 30 CSC e assessoramos dezenas de outros no Brasil e no exterior para aperfeiçoar suas operações. Temos conhecimento avançado das últimas tendências presidindo diversos fóruns de discussão de serviços compartilhados”, afirma Magalhães.

Mas, afinal, o que são Shared Services?

Clique aqui e continue lendo a notícia do Portal Food Services News.