Integração de novas empresas ao CSC

Como a maioria dos Centros de Serviços Compartilhados do país realizam a integração de novas empresas às suas novas operações?

A partir de uma pesquisa realizada com 51 empresas dos 5 Grupos de Discussão sobre Serviços Compartilhados: Compartilha, Coopera+, GESC, Inova e SOMAR, o SSConnection apresenta os 9 dados apontados pelos CSCs participantes.

1. As Empresas Incorporaram Novas Unidades de Negócio ao CSC
Dentre as empresas que responderam a pesquisa, 65% informaram que incorporaram novas unidades de negócio ao CSC nos últimos 12 meses.

2.Serão Realizadas Novas Integrações
Vale destacar que 75% das empresas informaram que pretendem realizar novas integrações ao CSC.

3.Equipes Responsáveis pelas Integrações

Mais da metade dos CSCs possuem uma equipe responsável pelo processo de integração de novas empresas.

4.Composição da Equipe de Integrações
Normalmente, essas equipes são compostas por funcionários próprios do CSC.

5.Perfil da Equipe de Integrações
Além disso, em 60% dos CSCs essas equipes são constituídas por funcionários de diferentes áreas.

6. Tempo de Integração
A maior parte dos CSCs leva menos de 1 ano para concluir a integração de novas unidades de negócio ao CSC.

7. Incorporação de Processos
Cerca de 50% dos CSCs informaram que alguns processos das novas empresas são incorporados no formato As Is e outros no To Be.

8. Sistemas
Em relação aos sistemas, observa-se que 50% dos CSCs realizam uma padronização parcial.

9.Desafios Durante o Processo de Integração
Durante o processo de integração, os principais desafios enfrentados são: Adaptação das unidades de negócios à nova estrutura, adaptação cultural dos novos colaboradores à empresa e convergência de sistemas.

Dessa forma, observa-se que muitas empresas estão buscando outras soluções para otimizar suas operações. Por isso, a integração entre os CSCs e outras unidades de negócios têm se tornado cada vez mais frequente, representando assim uma nova oportunidade de crescimento para as organizações.