1 – Considerando um cenário de orçamento limitado para o CSC, quais alternativas a Andrade Gutierrez encontrou para não prejudicar o desenvolvimento dos funcionários?

Em um cenário de orçamento limitado, a AG criou o Aprendizado CG, um programa com custo zero, voltado para o desenvolvimento pessoal e profissional dos funcionários.

Alinhado à estratégia da Empresa, que tem a Excelência Operacional como disciplina de valor, o objetivo do programa para o ano de 2018 é incentivar o time a ampliar seus conhecimentos em temas que possam trazer ganhos nos seus processos, seja por meio de automatizações, por exemplo, ou através do aprofundamento em conhecimento técnico de outras áreas, garantindo assim uma maior versatilidade e aumento de repertório para as resoluções dos problemas do dia a dia e atingimento das metas.

 2 – Como funciona o programa de desenvolvimento interno utilizado pelo CSC da Andrade Gutierrez?

O Aprendizado CG funciona como um programa de disseminação de conhecimentos interno através de treinamentos/workshops temáticos. Todos os funcionários do CG podem participar de forma voluntária dos treinamentos, seja como instrutor ou como aluno. No momento de estruturação do programa, foi feito uma pesquisa de interesse entre os funcionários, onde foi possível mapear os temas de maior interesse e os potenciais instrutores de cada um. Uma vez mapeados, serão formados grupos multidisciplinares de cada tema, responsáveis por desenvolver e aplicar o treinamento. Atualmente, estamos nesta etapa do programa.

 3 – Quais são os treinamentos oferecidos neste programa?

O Aprendizado CG foi lançado em março de 2018, com uma palestra do Rodrigo Lang do IEG sobre Criatividade como Ferramenta para Solução de Problemas. Os demais treinamentos estão agendados para ocorrer com periodicidade bimestral e os temas selecionados como prioritários foram: Metodologia Scrum com aplicação para Gestão de Projetos, Plataforma QlikView como ambiente de análise de dados e desenvolvimento, Office 365 como ferramenta para aumento da eficiência e produtividade, Técnicas para Comunicação Efetiva, Contabilidade para não Contadores, dentre outros.

4 – Quais os principais desafios enfrentados pela empresa na aplicação do programa?

O principal desafio que percebemos está relacionado a mudança de cultura. Ou seja, a maioria das pessoas tem a consciência sobre a importância dos programas de aprendizado, mas, em função da rotina e da equipe reduzida, acaba por não priorizar a iniciativa. Precisamos trabalhar na conscientização dos gestores sobre a proposta de valor do programa e seu desdobramento.

Adicionalmente, se tratando de um programa a custo zero, outro grande desafio é engajar os funcionários na participação como instrutores dos treinamentos, pois o sucesso do programa depende do vencimento de barreiras muitas vezes pessoais. Destaco também a dificuldade na triagem dos temas, já que o objetivo imediato do programa não é solucionar as lacunas de capacitação técnica das áreas do CG e sim fomentar a expansão do conhecimento por meio de novas ferramentas, assim como a visão global de todas as áreas, conscientizando dos impactos e mitigações dos riscos da operação.

 5- Indique quais foram os benefícios percebidos até o momento com este programa. 

Como ainda estamos em uma fase inicial o principal benefício percebido até o momento foi a boa aderência ao programa, com um bom volume de inscrições, o que nos empolga, pois não deixa de ser uma evidência de que temos um time interessado no desenvolvimento profissional. Destacamos também que as inscrições foram de diversos níveis hierárquicos, de auxiliares a gerentes. Além da mensagem positiva, de que mesmo em um cenário de limitação de orçamento a Empresa continua buscando alternativas para contornar esta adversidade.